quarta-feira

um outro alguém


Todo o amor deste mundo perdido num segundo, todo o riso transformado num olhar apagado, toda a fúria de viver afastada do meu ser, até que um dia acordei e vi que estava a perderToda a força que cresceu na vida que Deus me deu, a vontade de gritar bem alto: O meu amor morreuTodo o mundo há-de ouvir, todo o mundo há-de sentir, tenho a força de mil homens para o que há de vir.
Vai haver um outro alguém que me ame e trate bem, vai haver um outro alguém que me ouça também, vai haver um outro alguém que faça valer a pena, vai haver um outro alguém que me cante este poema.
Da  Weasel

Sem comentários:

Enviar um comentário